FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

SUICÍDIO: um tema delicado e necessário

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos, há um suicídio no mundo, e, a cada 45 minutos, um no Brasil. Entre 2012 e 2017, o total de jovens brasileiros com idade entre 15 e 29 anos que tiraram suas próprias vidas cresceu 10%, segundo dados do Mapa da Violência feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Cigarro: apague esse vício!

No Brasil, dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) mostram que 156 mil mortes relacionadas ao tabagismo são registradas todos os anos. Conheça o Grupo de Apoio à Cessação do Tabagismo Bons Ares, oferecido pelo FUNDAFFEMG, em Belo Horizonte, e histórias inspiradoras de beneficiários que decidiram abandonar o vício.

Passo a passo para acessar a carteirinha virtual

 

A FUNDAFFEMG fornece aos beneficiários uma carteirinha virtual do Plano de Saúde. O documento contém os mesmos dados da versão física e pode ser acessado no aplicativo da FUNDAFFEMG. Saiba como.

Colesterol balanceado é mais vida

 O Dia Nacional do Controle do Colesterol foi lembrado em 8 de agosto. A data alerta sobre as doenças decorrentes da elevada taxa de colesterol ruim (LDL) no sangue e mostra como mudanças comportamentais podem contribuir para a regularização do índice. A FUNDAFFEMG possui programas que incentivam a mudança de hábitos que estão com inscrições abertas, em Belo Horizonte.  

..

Colesterol balanceado é mais vida


 O Dia Nacional do Controle do Colesterol foi lembrado em 8 de agosto. A data alerta sobre as doenças decorrentes da elevada taxa de colesterol ruim (LDL) no sangue e mostra como mudanças comportamentais podem contribuir para a regularização do índice. A FUNDAFFEMG possui programas que incentivam a mudança de hábitos que estão com inscrições abertas, em Belo Horizonte.  

O Dia Nacional do Controle do Colesterol foi lembrado em 8 de agosto. A data alerta sobre as doenças decorrentes da elevada taxa de colesterol ruim (LDL) no sangue e mostra como mudanças comportamentais podem contribuir para a regularização do índice. “Reduzir o consumo de bebidas alcoólicas, abandonar o cigarro, adotar uma dieta balanceada, com baixas concentrações de gorduras saturadas e açúcar, e praticar atividades físicas são as principais recomendações para quem sofre com problemas de colesterol alto”, explica a especialista em clínica médica e geriatria Dra. Débora Pereira Thomaz.

A médica é quem atende os beneficiários da FUNDAFFEMG participantes de programas que o Plano possui para incentivar a adoção de um estilo de vida saudável. O Grupo de Apoio à Cessação do Tabagismo Bons Ares presta apoio aos que desejam parar de fumar; o Grupo de Apoio à Boa Medida (GABOM) atende portadores de obesidade grau I ou II que desejam se curar da doença; as Oficinas de Alimentação incentivam crianças e adolescentes a adotar dietas saudáveis; e os Grupos Ativação e Condicionamento Físico promovem a prática de exercícios físicos. Segundo Dra. Débora, “as iniciativas incentivam as pessoas a reconhecer a necessidade da mudança de hábitos e a perceber o quanto são capazes de transformar suas vidas para melhor.”

Novas turmas dos Grupos Ativação e Condicionamento Físico serão abertas em Belo Horizonte, em setembro. Participe, pois os benefícios proporcionados pela prática regular de atividades físicas são muitos. Aumento do colesterol bom (HDL); diminuição do triglicérides, da pressão arterial e do peso; maior tolerância à glicose; correção da distribuição de gordura; ganho de massa muscular; aprimoramento da flexibilidade corporal, da coordenação motora e do equilíbrio; e aumento do convívio social são alguns citados pela Dra. Débora. É importante destacar que esses são programas de prevenção. Em caso de mal-estar, os beneficiários devem sempre procurar orientação médica.

 

Grupo Ativação

Como funciona?

Duas vezes por semana, um(a) fisioterapeuta ministra aulas de uma hora no Espaço Saúde. São repassados exercícios aeróbicos e funcionais que estimulam o alongamento, o equilíbrio, o relaxamento e a consciência postural. Os participantes passam por avaliação fisioterápica prévia para análise da capacidade física e de existência de lesão e são acompanhados periodicamente por médicos para a verificação da melhora dos exames laboratoriais e da condição física.

 

Quem pode participar?

Beneficiários com idades entre 20 e 59 anos inscritos e participantes dos Grupos Diabéticos, Bons Ares e GABOM.

 

Programa de Condicionamento Físico

Como funciona?

Duas vezes por semana, um(a) fisioterapeuta ministra aulas de uma hora no Espaço Saúde. São repassados exercícios de ativação para os membros superiores e inferiores; de relaxamento; e aeróbicos e calistênicos (para melhoria do condicionamento físico). Os participantes passam por avaliações iniciais feitas por clínico geral e fisioterapeuta. Consultas pontuais com ortopedistas podem ser agendadas caso sejam indicadas pelo médico.

 

Quem pode participar?

Beneficiários a partir de 60 anos vinculados ao Projeto Idoso Bem Cuidado.

 

Inscrições: 3 a 21/9

Início: 15/10

 

Turmas pela manhã, tarde e noite.

 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858