FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

SUICÍDIO: um tema delicado e necessário

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a cada 40 segundos, há um suicídio no mundo, e, a cada 45 minutos, um no Brasil. Entre 2012 e 2017, o total de jovens brasileiros com idade entre 15 e 29 anos que tiraram suas próprias vidas cresceu 10%, segundo dados do Mapa da Violência feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Cigarro: apague esse vício!

No Brasil, dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) mostram que 156 mil mortes relacionadas ao tabagismo são registradas todos os anos. Conheça o Grupo de Apoio à Cessação do Tabagismo Bons Ares, oferecido pelo FUNDAFFEMG, em Belo Horizonte, e histórias inspiradoras de beneficiários que decidiram abandonar o vício.

Passo a passo para acessar a carteirinha virtual

 

A FUNDAFFEMG fornece aos beneficiários uma carteirinha virtual do Plano de Saúde. O documento contém os mesmos dados da versão física e pode ser acessado no aplicativo da FUNDAFFEMG. Saiba como.

Colesterol balanceado é mais vida

 O Dia Nacional do Controle do Colesterol foi lembrado em 8 de agosto. A data alerta sobre as doenças decorrentes da elevada taxa de colesterol ruim (LDL) no sangue e mostra como mudanças comportamentais podem contribuir para a regularização do índice. A FUNDAFFEMG possui programas que incentivam a mudança de hábitos que estão com inscrições abertas, em Belo Horizonte.  

..

Os perigos de não se vacinar


 

Desde 2015, a cobertura vacinal obrigatória no Brasil vem registrando quedas consecutivas, especialmente entre crianças com menos de 1 ano de idade – nessa faixa etária, o Ministério da Saúde registrou, em 2017, o menor índice em 16 anos. A tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) tinha alcance próximo a 100% em 2014 e caiu para 84,9% no ano passado. A vacina contra a poliomielite, com mais de 95% de abrangência em 2015, chegou a 77%. Enquanto os números caem, o Brasil volta a registrar casos de doenças até então controladas, como os surtos de sarampo na região Norte, que assustam e colocam todos em risco, especialmente as crianças.

 

Segundo a Dra. Dóris Diniz do Nascimento, especialista em clínica médica e geriatria que atende pela FUNDAFFEMG, o retorno das doenças ocorre pela falta de imunização. “Muitos pais têm deixado de vacinar seus filhos”, informa. A médica avalia que o comportamento pode ter como causa o fato de que as novas gerações, principalmente, não vivenciaram períodos em que enfermidades como sarampo, poliomielite, difteria e tétano eram comuns. “Precisamos reverter essas condutas: deve-se ter em mente a importância da vacinação, uma das principais medidas de prevenção contra doenças causadas por vírus e bactérias que podem, inclusive, levar à morte.”

 É crucial que todas as pessoas tenham o seu cartão com o histórico de vacinas. “Caso o documento tenha sido perdido e não seja possível ter certeza quanto à imunização, recomendamos a aplicação da vacina para a segurança do paciente. Mas é necessário ter ciência do intervalo mínimo necessário entre uma dose e outra”, afirma Dra. Dóris. O site da Sociedade Brasileira de Imunização (www.sbim.org.br) possui calendários de vacinação com orientações específicas para cada faixa etária.

  

COMO FUNCIONA A VACINAÇÃO NA FUNDAFFEMG?

    

Gripe

Beneficiários que residem em locais onde não acontece a ação e que se encaixam na faixa etária podem solicitar o reembolso* se forem imunizados em clínicas particulares durante o período da campanha.

Pneumonia

Beneficiários com idade acima de 60 anos e/ou portadores de doenças crônicas (empossados de relatórios médicos que indicam a vacinação) podem solicitar o reembolso* se forem  imunizados em clínicas particulares durante o período da campanha.

Hepatite B

Reembolso* para beneficiários com idade acima de 50 anos.

Herpes-zóster

Reembolso* para beneficiários com idade acima de 50 anos.

HPV

Reembolso* para beneficiários com idade entre 9 e 26 anos.

   * Os valores dos reembolsos seguem a tabela FUNDAFFEMG vigente.

 

O Brasil é reconhecido internacionalmente por seu Programa Nacional de Imunização (PNI), que disponibiliza vacinas gratuitamente à população por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). A iniciativa foi criada em 1973 com quatro tipos de vacinas, e, atualmente, são oferecidas 27, sem qualquer custo. Utilize esse benefício!

 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858