FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

 Mais eficiência para falar com você

Atender bem é uma prioridade da FUNDAFFEMG. Por isso, um novo sistema de gestão foi implantado recentemente, permitindo a geração de protocolos sempre que os canais de atendimento do plano são acionados. Ou seja, se um beneficiário ou um credenciado ligou para nossa equipe, receberá um número referente àquele contato.

Ir ao Pronto-socorro nem sempre é a melhor opção

Metade da população brasileira procurou um pronto-socorro ou pronto-atendimento em 2016, mas pouco mais de 10% foram encaminhados para internação. Os dados revelados por uma pesquisa feita pelo Ibope, a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), mostram que as pessoas procuram esses locais não somente em casos de urgência e emergência, conforme recomendado pela legislação.

 O caráter solidário da FUNDAFFEMG

A FUNDAFFEMG é um plano de autogestão, pois está vinculado a uma categoria profissional e não possui fins lucrativos. Isso leva a um modo de funcionar específico, em que se destaca a solidariedade: os beneficiários compartilham entre si os custos provenientes do atendimento médico/hospitalar do grupo, em um sistema de mútua ajuda, o de rateio, conforme definido em regulamento próprio.

 Você contribui para o desenvolvimento do seu filho?

Desde o nascimento do bebê até o início da vida adulta, presença familiar é determinante para o crescimento pleno da criança e do jovem. Como explica a gestora do SEMPRE, Flávia Alves, os pais têm o poder de contribuir para que seus filhos desenvolvam habilidades cognitivas, sociais e emocionais. “Por isso que muitos pesquisadores buscam entender melhor essa influência e propor caminhos para garantir a presença da família nesse importante processo”.

..

Febre Amarela


Minas Gerais está em alerta para os casos de Febre Amarela Silvestre. Se você mora ou vai viajar para regiões de risco, vacine-se!

A vacina é disponibilizada atualmente apenas pelo SUS, portanto, procure o posto de saúde mais próximo.

Dúvidas:

Já tomei uma dose da vacina, preciso tomar novamente?
Não, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde) apenas uma dose é suficiente. Se você tomou a vacina uma vez, independente da validade de dez anos no certificado de vacinação, esse passa a ser considerado válido para o resto da vida.

Como saber se já tomei a vacina?
Através do cartão de vacinação.

Quem deverá ter avaliação médica?
- Idosos
- Pessoas que terminaram tratamento de quimioterapia e radioterapia
- Pessoas com doenças hematológicas (do sangue), renais e hepáticas
- Grávidas
- Pessoas em uso de corticoide

 Quem não pode tomar a vacina?
- Crianças menores de 9 meses de idade
- Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses de idade
- Pessoas com alergia grave ao ovo
- Pessoas que vivem com HIV e que tem contagem de células CD4 menor que 350
- Pessoas em de tratamento com quimioterapia/ radioterapia
- Pessoas portadoras de doenças autoimune
- Pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores (que diminuem a defesa do corpo)

  Fonte: Ministério da Saúde e OMS

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858