FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

 Entenda porque a FUNDAFFEMG é uma autogestão

 A FUNDAFFEMG é uma operadora de autogestão porque está vinculada a uma categoria de profissionais, os associados da Associação dos Funcionários Fiscais do Estado de Minas Gerais (AFFEMG). A Fundação, que possui autonomia administrativa e financeira para gerenciar serviços, surgiu de uma iniciativa da própria categoria profissional, em  1985,  com o lema de solidariedade, seguindo o princípio da mútua ajuda, motivo pelo qual o sistema de contribuição é o rateio de despesas entre os beneficiários.  

 

Cuidados com a saúde no inverno

O inverno está aí, e, com a queda da temperatura, os cuidados com a saúde devem dobrar. O clima frio e seco favorece a ocorrência de alergias, infecções virais e doenças dermatológicas. Algumas medidas simples podem evitar ou pelo menos amenizar esses problemas. Conversamos sobre o assunto com a dermatologista Dra. Ana Rosa Magaldi Ribeiro de Oliveira, que recentemente ministrou uma palestra na sede da FUNDAFFEMG, e com a pneumologista Dra. Ângela Pedrosa de Pádua Monteiro. Elas listaram as doenças mais comuns desta estação e deram dicas de como preveni-las.

 Solicite autorizações com antecedência

Para simplificar o atendimento aos beneficiários, autorizações de procedimentos simples, como consultas, exames laboratoriais e algumas terapias são solicitadas diretamente pelos prestadores de serviços. Entretanto, procedimentos mais complexos estão sujeitos a autorização prévia da auditoria técnica da FUNDAFFEMG. 

Quais procedimentos devem ser oferecidos por um plano de saúde?

 

Para entender como funciona a cobertura de um plano de saúde é preciso saber em que segmento ele se encaixa – no caso do FUNDAFFEMG-Saúde, Ambulatorial + Hospitalar com Obstetrícia. Para cada tipo de plano estão previstos procedimentos obrigatórios definidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).Denominada Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, a listagem é revista a cada dois anos para atender critérios científicos comprovados de segurança, eficiência e efetividade no diagnóstico e no tratamento de patologias.

..

Doença de Crohn


Caracterizada como uma doença inflamatória crônica que prejudica o sistema digestivo, a Doença de Crohn afeta, principalmente, a parte inferior do intestino delgado, também conhecida como íleo terminal, e o cólon (intestino grosso). Essa enfermidade pode comprometer todas as camadas da parede intestinal.

Fatores genéticos, infecciosos ou ambientais podem provocar essa condição, entretanto, as verdadeiras causas são desconhecidas. Apesar de se manifestar igualmente em homens e mulheres de qualquer idade, geralmente, pessoas entre 20 e 40 anos são as mais afetadas, com maior incidência entre os fumantes.

SINTOMAS
Os sintomas da doença de Crohn variam de acordo com o grau de gravidade – leve, moderado ou grave. Uma pessoa atingida por essa patologia pode apresentar diarreia, cólica abdominal, febre e sangramento nas fezes. Ela também pode ter perda de peso e de apetite, além do enfraquecimento pela falta de nutrientes.
O paciente pode apresentar, ainda, dores nas articulações, feridas na boca (aftas), inflamações nos olhos (uveíte), fissuras na pele, pedras nos rins e na vesícula. Em crianças, a doença pode acarretar atraso no crescimento e atrapalhar o desenvolvimento sexual.

DIAGNÓSTICO
O gastroenterologista ou enterólogo é o profissional capacitado para identificar a enfermidade. O diagnóstico é feito por exames clínicos e de sangue. O médico pode, ainda, levantar o histórico familiar e solicitar uma colonoscopia, exame que avalia o interior do cólon. A endoscopia digestiva também é uma análise capaz de detectar a Doença de Crohn, além da tomografia, da ressonância magnética e do enema opaco (raio X do trânsito intestinal).

TRATAMENTO
A Doença de Crohn não tem cura, mas o tratamento é feito de acordo com cada fase da enfermidade. Ele é realizado por meio de medicamentos capazes de regredir o processo inflamatório no intestino, aliviando os sintomas e prevenindo a reincidência deles. Além disso, o médico pode corrigir deficiências nutricionais e, nos casos mais graves, indicar a cirurgia.

Informações retiradas do site minutosaudavel.com.br
 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858