FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

 Mais eficiência para falar com você

Atender bem é uma prioridade da FUNDAFFEMG. Por isso, um novo sistema de gestão foi implantado recentemente, permitindo a geração de protocolos sempre que os canais de atendimento do plano são acionados. Ou seja, se um beneficiário ou um credenciado ligou para nossa equipe, receberá um número referente àquele contato.

Ir ao Pronto-socorro nem sempre é a melhor opção

Metade da população brasileira procurou um pronto-socorro ou pronto-atendimento em 2016, mas pouco mais de 10% foram encaminhados para internação. Os dados revelados por uma pesquisa feita pelo Ibope, a pedido do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), mostram que as pessoas procuram esses locais não somente em casos de urgência e emergência, conforme recomendado pela legislação.

 O caráter solidário da FUNDAFFEMG

A FUNDAFFEMG é um plano de autogestão, pois está vinculado a uma categoria profissional e não possui fins lucrativos. Isso leva a um modo de funcionar específico, em que se destaca a solidariedade: os beneficiários compartilham entre si os custos provenientes do atendimento médico/hospitalar do grupo, em um sistema de mútua ajuda, o de rateio, conforme definido em regulamento próprio.

 Você contribui para o desenvolvimento do seu filho?

Desde o nascimento do bebê até o início da vida adulta, presença familiar é determinante para o crescimento pleno da criança e do jovem. Como explica a gestora do SEMPRE, Flávia Alves, os pais têm o poder de contribuir para que seus filhos desenvolvam habilidades cognitivas, sociais e emocionais. “Por isso que muitos pesquisadores buscam entender melhor essa influência e propor caminhos para garantir a presença da família nesse importante processo”.

..

Dicas para melhorar o sono na infância


 Um estudo, realizado nos Estados Unidos, observou que o pouco sono em crianças de idade pré-escolar pode provocar, posteriormente, déficit de atenção e descontrole emocional. As pesquisas foram feitas com o acompanhamento de 1.046 adolescentes, de cerca de 13 anos, desde o nascimento, por meio de formulários respondidos por pais e professores.

A pesquisa apontou, ainda, que os pequenos que não dormem o suficiente apresentam problemas de comportamento e menor função executiva, além de terem o rendimento escolar e o relacionamento entre os amiguinhos prejudicados. A recomendação médica é que crianças entre 3 e 4 anos durmam, no mínimo, 11 horas por dia. Além disso, quanto menor a idade, mais horas de sono a criança precisa ter.

 

Veja algumas dicas para criar uma boa rotina de descanso para o seu filho!

1.       Determine um horário fixo para deitar, inclusive nos finais de semana;

2.       Deixe a criança dormir com algo que dê segurança, como um bichinho de pelúcia;

3.       Evite os alimentos considerados estimulantes perto da hora de dormir. Cafeína e açúcar podem deixar a criança mais alerta.

4.       Evite os eletrônicos no quarto, pois eles dispersam a criança e inibem o sono;

5.       Garanta que o ambiente esteja silencioso e confortável, com a iluminação baixa e a temperatura agradável;

6.       O cochilo à tarde contribui para uma boa noite de sono, além de ajudar no aprendizado e no desenvolvimento da criança.

 

Informações retiradas do jornal Pampulha.


 

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
Rua Sergipe, 893 . Savassi - BH/MG - CEP:30130-171 . Telefone (31)2103-5858