FUNDAFFEMG - Fundação AFFEMG de Assistência e Saúde

Alergia Alimentar

Todos os anos, milhões de pessoas são afetadas pela alergia alimentar, que, de acordo com a Associação Brasileira de Imunologia, atinge 7% da população do país.  Por esse motivo, é preciso ficar atento a essa reação, para tomar as devidas precauções e evitar problemas mais graves.

  Dia Mundial da Luta contra a Aids

 O primeiro dia de dezembro é voltado para a visibilidade e a conscientização a respeito da Aids. A data foi estabelecida mundialmente, há 30 anos, a fim de aumentar os debates sobre o assunto, esclarecer informações, promover a troca de experiências e de assistência aos portadores do vírus HIV e da Aids, reforçando, ainda, a solidariedade, e o respeito a essas pessoas. O dia visa, também, frear o aumento de casos de HIV/Aids no mundo.

 Por que doar sangue? 

 A ciência progrediu, e vem avançando cada vez mais, com novas pesquisas e descobertas. Entretanto, na área da saúde, ainda não foi encontrado um substituto para o sangue. A única solução para alguém que necessita de uma transfusão é contar com a solidariedade de outras pessoas.

Doenças Sexualmente Transmissíveis

As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são contraídas a partir do ato sexual sem camisinha. As mais comuns são Aids, sífilis, gonorreia, herpes, HPV e clamídia. Elas podem afetar, igualmente, homens e mulheres com vida sexual ativa, e o risco aumenta com a troca frequente de parceiros. As DSTs podem ser provocadas por vírus, bactérias ou fungos, por isso, os tratamentos são diversificados.

..

Doenças Sexualmente Transmissíveis


As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são contraídas a partir do ato sexual sem camisinha. As mais comuns são Aids, sífilis, gonorreia, herpes, HPV e clamídia. Elas podem afetar, igualmente, homens e mulheres com vida sexual ativa, e o risco aumenta com a troca frequente de parceiros. As DSTs podem ser provocadas por vírus, bactérias ou fungos, por isso, os tratamentos são diversificados.

Os sintomas variam de acordo com cada doença:

        Gonorreia, clamídia e tricomoníase: corrimento (branco, cinza ou amarelado), coceira, dor ao urinar, dor durante o ato sexual e odor forte.

        Gonorreia, clamídia, tricomoníase, micoplasma e ureoplasma: corrimento (amarelado ou claro), odor forte, coceira e dor ao urinar.

        Sífilis, cancro mole, herpes genital, donovanose, linfogranuloma venéreo: feridas na região genital que podem causar dor, bolhas e, às vezes, ínguas na virilha.

        Gonorreia, clamídia e infecção por outras bactérias: dor abaixo do ventre e durante a relação sexual.

        HPV: verrugas genitais.

 

O diagnóstico dessas enfermidades pode ser feito por meio de exames de sangue e outras análises específicas, indicadas por ginecologista ou urologista. Em geral, o tratamento é feito com antibióticos e penicilina. Contudo, algumas DSTs, como Aids e herpes, não têm cura, trazendo a necessidade de monitoramento médico constante.

Se não forem tratadas, as doenças sexualmente transmissíveis podem trazer complicações, como aborto, esterilidade, deficiência física e mental. No caso de uma gravidez, o bebê também corre o risco de ser contaminado e ter alguma deformação.

As doenças sexualmente transmissíveis requerem atenção e podem trazer uma série de prejuízos para a sua saúde. Então, não deixe de usar a camisinha! Além disso, algumas dessas enfermidades, como o HPV, podem ser evitadas com vacinas, que têm maior eficácia se tomadas antes do início da vida sexual.

Previna-se!

 

Informações retiradas do site ladoaladopelavida.org.br.

..........................................................................................................................................
 [volta página anterior]
 
 
Receba nosso

Boletim Eletrônico


.............................................................................................................................................................................................
FUNDAFFEMG   |   Rua Sergipe, 893   .   Funcionários   .   30130-171   .   BH/MG   .   Tel (31) 2103-5858   .   Fax (31) 2103-5890